Home Opiniões Quando descobri um nódulo na mama

Quando descobri um nódulo na mama

É outubro rosa e neste mês eu comemoro a alegria de não ter recebido a difícil notícia de que estava com câncer. Era um nódulo, carcinoma cicatrizante, como cicatrizou ficou benigno.

Mas e quanto as pessoas* que não tiveram a mesma sorte que eu? Não sou do tipo que consegue simplesmente ignorar o sofrimento alheio, então resolvi falar sobre o assunto para homenagear a toda pessoa de coragem que está lutando pela vida.

*Usei pessoas pois, apesar de ser mais comum nas mulheres, homens também podem ser acometidos desta doença.

É muito engraçado quando eu ouço alguém dizendo da angustia e ansiedade quando faz os exames periódicos, para mim sempre foi apenas uma rotina, como ir ao supermercado ou limpar a casa, não é divertido, mas também não tira a felicidade dos meus dias. Mas tenho que confessar que após o nódulo os exames passaram a ter um relevância maior na minha vida.

Por que estou escrevendo isso? Tenho alguns motivos:

1. Eu conheço a solidão da suspeita da doença e gostaria que todos soubessem que é melhor compartilhar este momento com as amigas, eu não fiz isso, mas mesmo assim as amigas queridas estavam lá comigo e foi ótimo.

2. Parece bobagem, mas a prevenção salvou minha vida e gostaria que todas as pessoas tivessem a mesma chance que eu tive.

3. Tenho amigas que passaram por esta doença, vivenciei a cura e a morte, e gostaria de dizer para quem está passando por isso que tenha fé, força, esperança e mesmo no momento mais difícil mantenha a alegria interna, mesmo quando a tristeza externa seja imensa, a boa vibração pode salvar sua vida.

4. Simplesmente por paixão a vida, vale sempre reforçar a esperança.

E para terminar, escrevo este texto por gratidão a cada pessoa que se dedica a salvar vidas, por cada mulher (ou pessoa) forte que está passando por está doença com muita dignidade, por cada família (aqui incluo as pessoas que entram em nossas vidas e se tornam família também) que mesmo muito tristes se esforçam para colocar um sorriso no rosto daquela pessoa que não teve a mesma sorte que eu.

Dica final: cuide de você todos os dias, outubro rosa é apenas um símbolo, enquanto a sua vida acontece todos os dias.

(Visited 46 times, 14 visits today)

Comentários do Facebook


Seja a primeira a comentar

Deixe seu comentário

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Solteirar.com. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Solteirar.com poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Cadastre-se e não perca nada do Solteirar.com!
Receba nossa newsletter.




Carioca, 48 anos, executiva, atualmente solteira. Em busca da felicidade sempre. Acredita na justiça e briga com os preconceitos (inclusive os seus). Um tanto atrapalhada, mas muito competente no que se propõe a fazer. Meio mística, meio cética…meio no mundo da lua. Gosta de gente, isto significa, pessoas, animais, natureza, etc. Pensa muito e em várias coisas ao mesmo tempo.

ARTIGOS SIMILARES