Home Tags Posts com as tags "amigos"

amigos

por -
0 820

Fim de ano, época em que seus amigos e colegas de dura labuta decidem sugerir o velho e enfadonho amigo secreto. Claro que sou mais lembrada para os eventos de inimigo secreto (ou inimigo oculto, dependendo da região), variação bem mais excitante e malvada da típica confraternização natalina.

E não é difícil entender minha preferência pela opção politicamente incorreta da festa. Afinal, adoro testemunhar as mais comprometedoras sacanagens que o ambiente corporativo é capaz de produzir, mesmo considerando que sou uma das principais vítimas desses eventos…

Já recebi acessórios diversos de times rivais, mordaça para “calar a boca”, CD de música sertaneja (sou fissurada por rock), kit ressaca e até mesmo ousaram tentar me arranjar um marido (evidentemente, o meu inimigo oculto na ocasião sofreu minha ira satânica e sugeriu ao ator contratado para o papel de marido sumir de cena imediatamente)… Fora as piadinhas em doses cavalares de mau gosto… Mas faço questão de sempre retribuir em dobro!!!

Assim, acumulei vasta experiência com o tema e pude constatar ao longo de décadas que os presentes com melhor custo-benefício são os acessórios eróticos. Claro que as performances de travestis ou de gogo boys são imbatíveis para extrair as gargalhadas do público, mas você precisa de muita grana (ou muito tempo e produção) para colocá-las em prática.

Considerando que vivemos tempos difíceis de crise econômica e ambiental (que exigem uma atitude sustentável para o bolso e para as futuras gerações), não resta dúvida: vale a pena investir num mimo barato com grande utilidade tanto para quem dá quanto para quem recebe – um brinquedo de SexShop com uma pitada de criatividade para associá-lo ao histórico da vítima! Eles maximizam o deboche e têm assombroso potencial para uso após a festa: baralhos eróticos, acessórios, vibradores, massageadores, fantasias…

Não acredita? Então você provavelmente nunca notou que esses são os únicos presentes que o povo leva pra casa quando uma festa de inimigo secreto termina… Eles têm verdadeiro potencial como presente de amigo secreto!

Foi convidada para uma festa de amigo secreto? Não perca tempo e convença o organizador do evento a alterar o tema para inimigo secreto… E há um argumento matador para isso: atualmente estamos precisando gastar menos e curtir muito mais a vida. E só a festa e os presentes de inimigo secreto podem garantir que esse objetivo seja alcançado!

AVISO IMPORTANTE: Dependendo de quem você sortear, cuidado para não caprichar demais! Ele pode deixar de encará-la como inimiga oculta e confundi-la como amiga íntima… E daí já viu se o cara é um porre completo…

 

Está na dúvida sobre qual presente escolher neste final de ano? Confira o berloque que é pura autoestima desenvolvido pela My Wishes especialmente para o Solteirar.

https://www.mywishesacessorios.com.br/product-page/berloque-i-love-me

E aproveite para se presentear também.

 

 

Minhas amigas, a terapeuta e até minha mãe achavam que eu deveria tentar encontrar um companheiro utilizando os famosos aplicativos. Então lá fui eu! A eterna curiosa romântica acreditou que poderia ser uma possibilidade.

Talvez você, assim como eu, conheça algumas histórias muito felizes de pessoas que encontraram um companheiro legal através do uso da tecnologia. Pois bem, eu tenho o dom de escolher os esquisitos!

Já me apareceu de tudo. Desde o infeliz que achou super legal dizer que achou minha amiga interessante na foto que viu do Facebook, até o babaca que achou que se me levasse para almoçar na praça de alimentação do shopping certamente eu diria minhas preferências sexuais com a mesma naturalidade que eu como um pudim de sobremesa. E que na certa eu imploraria para fazer sexo com ele.

Meus caros amigos do sexo oposto, tenho algumas coisas a lhes dizer para que nã o fiquem meses em total celibato. Sim, as atitudes acima os levariam ao total fracasso com qualquer mulher, até aquelas que não tenham nenhuma autoestima! Então, vamos lá:

Lição 1 – Nem todas as mulheres que estão em um aplicativo estão desesperadas para transar com você.

Lição 2 – Quer simplesmente “comer”? Invista! Torne este momento agradável. Nem que seja para ser legal só para você, pois, acredite, a transa não será legal para você se a mulher não sentir o menor prazer.

Lição 3 – Mesmo que todas as estatísticas digam que existe uma disponibilidade maior de mulheres em relação a homens, isto não significa que uma mulher vai topar transar com você! As mulheres já descobriram sexshop com oportunidades incríveis de liberar adrenalina com brinquedinhos.

E para você que parou para ler mais uma das minhas histórias malucas e se sentiu aliviada por não ser a única a passar por isso, não tenha dúvida: mesmo sendo uma experiência de manchar um curriculum para sempre, não perca a esperança de seus sonhos. Viva outras histórias ridículas e ao final de cada uma delas, RIA ALTO! Toda forma de Solteirar vale a pena!

Até a próxima!

 

Muitas pessoas apresentam, em grau maior ou menor, alterações de comportamento ligadas às estações do ano ou à luminosidade do dia. Eu confesso que estou entre elas.

No verão, quero cerveja, sol, praia, rua, um montão de gente ao meu redor! Quem não quer? No verão, ler é mais difícil, sexo é mais fácil. Dieta é mais fácil, sofá é mais difícil.

No inverno, tenho quase um depressão sazonal. Não quero sair do sofá e leio todos os livros que comprei nas outras estações do ano. Vejo todos os filmes românticos que não vejo o ano todo. Tomo todas as garrafas de vinho disponíveis na minha adega. Como tudo o que vejo pela frente.

Obviamente, faço novos amigos no verão, pois estou mais na rua. Tiro a roupa para um desconhecido com facilidade no verão, quando estou mais em forma.

No inverno, nem quero saber de gente nova ao meu redor. Quero mais é ver meus velhos amigos e cozinhar para eles. Assim, nem saio de casa. Quero conversar e relembrar bons e velhos tempos tomando vinho, comendo queijos, pães, pizzas e massas.

Tirar a roupa no inverno? Só se for na frente de alguém de confiança. Aquele cara conquistado em outra estação mas que já me entendeu e sabe que no inverno preciso de carinho.

Isso mesmo! No inverno preciso de carinho. Preciso de companhia para ficar embaixo do cobertor no sofá. Fico vulnerável. Quero colo. Que mal há nisso?

A proximidade do inverno chega a me dar pavor! Afinal, este ano meus relacionamentos amorosos não duraram mais que uma estação. A minha liberdade veranil não permitiu que eu me apegasse a ninguém. E agora?

Preciso conferir meu estoque de livros, filmes e vinhos para os momentos de solidão.

Mas para meu consolo, vou começar a agendar os jantares com amigos que me acompanham há vários invernos. Terei a casa cheia de confiança e risadas. Vou engordar um montão, mas vou ter um inverno quente e carinhoso, como qualquer inverno deve ser.

por -
3 1531

Meus amigos comprometidos talvez não saibam o quanto contribuíram e contribuem para minha personalidade quase nada romântica.

Bebemos e nos divertimos muito juntos, mas na verdade, o que eles mas fazem melhor é acabar com qualquer ideia de romantismo que pudesse pairar no meu universo feminino.

Por eu ser uma mulher um pouco diferente das que eles conhecem ou se relacionam, sou quase considerada um deles. Vou confessar que nem sempre isso é bom.

Em nossas rodas de conversas, sempre escuto as aventuras de namorados, noivos ou maridos que se divertem com outras mulheres em suas viagens de negócios, no escritório onde trabalham ou mesmo em um shopping ou supermercado.

Alguns deles, de forma louvável, se preocupam com a imagem de suas esposas e nunca as colocam em situação ruim, como estar frente a frente com a outra sem ter a menor ideia do que se passa; preservando assim seus relacionamentos e o encanto de um lar intocável.  Esses caras não traem por autopromoção,  e sim por impulso, por desejo, ou qualquer outro motivo íntimo. Nesses casos, eles demoram muito mais para me confessar suas aventuras. Só contam mesmo quando nos tornamos amigos de verdade, daqueles que vamos levar para vida toda. Um deles até me contou que perdoou a traição da esposa, situação que ele nunca contaria a outro homem. Disse-me que seria hipócrita não relevar tal par de chifres, uma vez que ele, sem que ela soubesse, já tinha praticado tal deslize.

Existem os que gostam de viver perigosamente, deixam sua fama de garanhão se alastrar por onde passam. Não se preocupam se a amante se torne a melhor amiga de sua esposa em uma festa da empresa, ou se todos estão olhando para ela com cara de coitada por ser a conhecidamente chifruda esposa.

Há também os que traem de forma estratégica. Agem fora dos sagrados padrões do relacionamento quando estão em viagens ou com pessoas que ninguém mais de seu círculo de amizades ou profissionais conheçam.

É claro que existem os que nunca me confessaram uma traição, mas posso contar nos dedos os homens nesta lista.

Cada um sabe com quais pensamentos e desejos consegue conviver. Confesso que já dei muitas risadas com casos que eles relataram de situações constrangedoras que passaram para encobrir seus adultérios, mas também já me emocionei com o arrependimento de alguns que perderam seus amores por uma simples aventura.

O fato é que sempre ouço esses casos sem nenhum julgamento de valor. Quando estou em um relacionamento, não sou capaz de trair, porém já fiz parte da traição de alguns amigos.

De acordo com a amostra significativa que conheço de homens comprometidos que traem seus relacionamentos, fica difícil me entregar e acreditar completamente em fidelidade.

Meus amigos comprometidos me ensinaram que a lealdade vale mais do que a fidelidade, e talvez isso não soe romântico, mas é o que considero ser o mundo real.

por -
1 1000

Estava pensando em amizade… esta época do ano mexe com a gente, não é mesmo?!

Muitas vezes escolhi meus amigos por admiração. Eles eram descolados, bonitos, charmosos, sociáveis, tão atrativos que me dava vontade de participar desta popularidade. Enquanto eu, era simplesmente tímida… Por que eles viraram meus amigos? …provavelmente eles gostavam de ser admirados…

A maioria destes “amigos” me decepcionou… ou porque me provocavam um vazio enorme ou porque no fundo nada tinham de interessante de verdade ou a verdade deles era muito diferente da minha.

Por que estou pensando nisso? Porque 2015 está batendo na minha porta e agora eu quero que fiquem na minha vida os amigos de verdade, talvez não me admirem, talvez encontrem vários defeitos em mim, mas simplesmente eles gostam da minha essência, olham nos meus olhos e lutam comigo para eu ser uma pessoa melhor, mais feliz!

Amizades sinceras para vocês solteirarem felizes em 2015!

Estes são os meus votos às amigas e seguidoras do Solteirar!

Sabe aquele dia enrolado?!…  O cabelo não desenrola por chapinha nenhuma neste mundo, a maquiagem parece que foi feita por duas pessoas diferentes – cada uma, um lado da face – a camisa amassa antes mesmo que eu consiga fechar a porta de casa, o trânsito está insuportável e para fechar de forma brilhante este início de dia incrivelmente nublado, chego atrasada na reunião…

E assim segue o dia em caracóis, com almoço na mesa lendo e-mails que se multiplicam na mesma velocidade que um avião supersônico e o relógio parece ter 120 segundos para cada minuto. Socorro!!!

Mas no meio do caos, de repente, uma luz ilumina a tela do computador e clarins dos céus tocam uma canção que reacende toda a minha esperança. Alguém mais que especial salva o dia marcando um happy hour com a galera perfeita e as confirmações saltam a minha frente trazendo a paixão e ansiedade por uma noite perfeita!

A alegria é interrompida por outra reunião, mas desta vez o relógio acelera e agora os minutos passam a ter 45 segundos!!! Quando finalmente chega às 19h, corro para o banheiro com a nécessaire na mão e o coração a mil de alegria, sonhando com aquele brinde a felicidade!

Aí vem caipirinha, depois cerveja, uns tragos de tequila, muita risada e já começo a fazer novos amigos nas mesas vizinhas, até que meus olhos investigadores encontram caras de sorrisos perfeitos e simpáticos. Logo abro o meu melhor sorriso e vou ao encontro deles.  Um amigo ainda tenta me deter, mas entendo palavras desconexas e sigo firme tropeçando nas cadeiras, mesas e tantos obstáculos… Vejo imagens meio turvas… o riso flui solto…

O papo rola animado com os caras mais gatos do bar e vem aquela certeza que vou me dar bem nesta noite do dia de caracóis.  Neste momento, vem meu amigo gargalhando, sorri para mim ou ri de mim? Não importa… Ele me puxa novamente e insiste com as frases que a minha mente alegrinha de mais um trago de tequila não consegue entender!! Levanto-me para dizer no ouvido dele que estou a fim do carinha de camiseta azul justinha… Com aquela paciência masculina meu amigo me mostra o óbvio para quem estava sóbrio: os gatos são o casal mais fofo do bar! Céus,  dei em cima de um cara que estava acompanhado e eu não tinha a menor chance!!!…

Bora voltar pra mesa, pedir um café, ouvir todas as piadas e ser o assunto das rodinhas animadas do trampo até o próximo happy hour!!!

Solteirando pelas redes sociais